Segunda-feira, 17 de Setembro de 2007

O ACORDAR DO SOL

O ACORDAR DO SOL

 

No teu olhar há um poema  

que não foi escrito.

 Há paisagens distantes nos teus beijos

E

Nos ramos floridos

Dos teus dedos.

Sinto a ternura dum amanhecer

De saudades.

Continuas presente na sombra

Dos meus dias,

No acordar do sol que queima

A minha voz

Que por ti chama.

 

Há uma brisa que me toca

Divinamente

E me envolve de

Segredos

E eu fico

à tua espera...

 

Amália LOPES

 

Setº 2007

 

 

publicado por petalasdemim às 00:06

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.links

.Março 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. PAIXÃO NA PONTA DOS DEDOS...

. HÁ SEMPRE UMA ROSA NO NOS...

. HÁ PAZ NO TEU SORRISO...

. SÃO A ETERNA TERNURINHA.....

. meus bichaninhos amados

. ...

. LINDINHOOOOOOOOO

. MOMENTOS PARA ESQUECER OU...

. A BORBOLETA E A FLOR...

. UM BEIJO DENTRO DE MIM

. PARA SI MÃE AMADA

. MINHA MÃE

. SAUDADE DE ALGUEM...

. POESIA EM FLOR

. O CHAPEU DA SOFIA

. DIAS DE AMOR

. NÃO ADIANTA LAMENTAÇÕES.....

. POEMA MEIAS PRETAS

. A PARAGEM DOS AMANTES

. SONHOS...APENAS ISSO !!!!...

.arquivos

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

.links

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds